100%

Vereadores aprovam indicações, votam projetos e se manifestam sobre diferentes temas

A indicação 68/2018, de autoria do vereador Remi Antônio Sulzbacher (MDB) solicita ao Poder Executivo, providencias para realizar a poda corretiva ou substituição de árvores da Av. Recife, bairro Santo Antônio, entre as Ruas Fortaleza e Curitiba. A espécie cultivada no canteiro central está muito ramificada, suas folhas entopem as calhas das residências e mancham os veículos estacionados a sua sombra.
Já a indicação 71/2018, é de autoria da vereadora Fabiana Paula Merigo (PT) em que solicita ao Poder Executivo, que tome as providencias necessárias para a instalação de rotatória, no entroncamento da Rua Ceará com a Av. Espirito Santo e Av. Recife. O entroncamento por ser diagonal e o movimento intenso de veículos e pedestres, em função de ser acesso a loteamentos, escolas, salão paroquial, hospital e Unidade de saúde.
A indicação 72/2018, de autoria do Vereador Clenio José Razera (PP) solicita ao Poder Executivo, que o Secretário da Saúde negocie com o HEMOSC, calendário de coleta de sangue dos doadores de Pinhalzinho em nossa cidade. Existe muitas pessoas que poderiam ser doadores, porém este deslocamento dificulta esta ação humanitária.
                    Indicação 73/2018, de autoria do vereador Agostinho José Jung (PSDB) solicita ao Poder Executivo, que seja instalado junto à praça do lago, uma placa iluminada, de identificação com o nome do município.
 
VOTAÇÕES
Obedecendo a pauta, em votação única, os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei  23/18, que autoriza o chefe do Poder Executivo a efetuar a abertura de crédito suplementar, objetivando alterar elementos de investimento para transferência ao consórcio público, adequando estes para a execução da pavimentação asfáltica na praça do lago, cemitério municipal e estradas vicinais na Linha Salete através do CIDIR.
Em segunda votação, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei 21/18, que denomina as ruas e travessa do Loteamento Dallagnol e Loteamento Bruxel, conforme indicação do Vereador Pedro Steffens.
Em primeira votação, vereadores aprovam o Projeto de Lei Complementar 11/18, que estabelece diretrizes para instituir a contribuição de melhoria, estabelecendo diretrizes para instituir a contribuição de melhoria em nosso Município. E, o Projeto de Lei 22/18, que autoriza a administração municipal a efetuar a abertura de crédito suplementar, para as dotações de folha de pagamento da Assistência Social, adequando os custos da folha de pagamento.
 
VEREADORES DESTACAM A VISITA DO BISPO DOM ODELIR E INCÊNDIO NO MUSEU NACIONAL 
Dentre os assuntos abordados pelos vereadores, destacamos a visita do Bispo Dom Odelir José Magri ao município, na sexta-feira (31/08), e sua participação em reunião com o Poder Executivo e Legislativo.
Dom Odelir, bispo da diocese de Chapecó, que é formada por 40 paróquias atuando em 80 municípios, foi ordenado padre da Congregação dos Missionários Combonianos do Coração de Jesus em 92. Cursou filosofia na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Curitiba e teologia no Instituto Católico, em Paris. Trabalhou de 92 a 96 na República Democrática do Congo, atuou também como padre, formador, conselheiro provincial, vice superior provincial, assistente geral e vigário geral da congregação em Roma.
Em sua mensagem colocou a igreja católica a disposição do Executivo e Legislativo para contribuir no que for possível, principalmente através das pastorais. Lembrou que, a oração, o culto, os sacramentos, são sempre muito importantes na vida cristã, mas eles devem expressar uma vida correta, ética, humilde, justa e a busca de forças espirituais para permanecer fazendo o bem comum.
Outro tema presente na fala dos vereadores foi o reconhecimento a importância do Museu de Pinhalzinho que completou 30 anos, construído por muitas mãos, teve o empenho e investimento dos governantes ao longo dos anos, a atuação de profissionais que trabalham pelo aprimoramento e grandiosidade do Museu Pinhalense. Importantes projetos foram executados no resgate histórico de nossa população, colonização de Pinhalzinho e outros estão sendo operados junto a população Pinhalense. O Museu representa nossa cultura, nossa história e faz parte da educação.
Os vereadores lamentaram a perda do acervo do Museu Nacional do Rio de Janeiro, em incêndio ocorrido no domingo (02/09), é “irreparável”, não podendo ser recuperada por nenhum esforço de reconstrução.  A Vereadora Fabiana destacou que a instituição completou 200 anos em junho deste ano e já foi residência de um rei e dois imperadores, possuía no acervo, cerca de 20 milhões de itens, que foram destruídos entre fósseis, múmias, registros históricos e obras de arte. A reconstrução do prédio apenas preservará o referencial arquitetônico daquele monumento, mas jamais os tesouros que compunham o seu acervo.
Claudecir Corradi,  declarou sua indignação as condições de manutenção estrutural do Museu Nacional, a falta de fiscalização, a omissão do setor administrativo que permite ocorrer uma tragédia como está, lembrou que no setor privado a fiscalização, os empresários e comerciantes são obrigados para poder atuar em seu ramo a atender a legislação com uma serie de itens prevenindo este tipo de ocorrência.
A Vereadora Carla Eckert (PSDB) relatou que, após a ultima sessão foi em busca de informações junto as secretarias, para verificar questões debatidas no plenário. Carla cobrou dos colegas seriedade quanto aos temas abordados em plenário, ressaltou que erros são humanos e acontecem, mas não são intencionais.
Carla destacou que o transporte escolar no município de Pinhalzinho historicamente teve problemas e que perdura, a vereadora pediu para os colegas informar nomes, rotas, dados dos problemas para que o Poder Executivo possa tomar providencias de forma mais eficiente, e concluiu convidando a população Pinhalense a participar de audiência pública para tratar sobre o tema, no dia 19/09, no auditório da Câmara de Vereadores a partir das 18h15min.
Carla ressaltou a necessidade de o município definir variedades de árvores que possam ser plantadas nas vias públicas sem a necessidade, de quando estas atingem determinado porte, serem retiradas do local. Quanto à possibilidade de o Hemosc vir no município fazer a coleta de sangue conforme indicação do vereador Clenio, Carla destacou que por outros momentos já ouve tratativas no sentido de viabilizar a coleta, mas sem sucesso.
Leonir Bettanin (MDB) além de abordar a questão do incêndio do Museu Nacional do Rio de Janeiro e da visita do bispo Dom Odelir, destacou a vontade manifestada pela população residente na região norte do município de Saudades, em se desmembrar do município de Saudades e incorporar esta região ao município de Pinhalzinho.
Bettanin destacou que a movimentação econômica agrícola desta região em 2017 representou mais de R$ 76.000.000,00 (setenta e seis milhões de reais), conforme dados oficiais, ressaltou que incorporando esta região ao município de Pinhalzinho, ampliará a nossa extensão do eixo viário da BR 282, viabilizando novos distritos industriais.
Vereador Agostinho José Jung (PSDB) abordou a questão do incêndio do Museu Nacional do Rio de Janeiro e a visita do bispo Dom Odelir, destacando que escola no bairro Jardim Maria Teresinha levará o nome de Dom José Gomes.
Agostinho fez um breve relato sobre o histórico dos bombeiros em nosso município, destacou a aquisição da área para instalar quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Pinhalzinho (2ª/6ºBBM), a estruturação com caminhões, ambulâncias e veículos. Agostinho destacou a implantação do FUNREBOM para os munícipes, o projeto de isenção aos aposentados desta taxa, do quão importante foi a contribuição da comunidade, hoje o FUNREBOM representa em valores algo em torno de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) ano.
Cesar José da Silva (MDB) parabenizou a equipe do Professor Marcelo Siqueira, que esteve participando em Florianópolis, do 9º Festival de Dança, premiados com o segundo lugar na categoria solo em danças urbanas.
Igualmente Cesar parabenizou professor e alunos da academia WSTim de Pinhalzinho, que esteve participando da Copa Pato Branco na modalidade de Jiu-jitsu, alcançando vários prêmios em diversas categorias.

Convidamos os cidadãos Pinhalenses a entrar https://www.facebook.com/camarapzo/ e seguir nossa página no facebook, já no site www.camarapzo.sc.gov.br, no link proposições, o cidadão encontra na integra os Projetos de Leis, indicações, moções, requerimentos...
Protocolos desta Publicação:Criado em: 05/09/2018 - 09:23:46 por: Elisabete Signorati - Alterado em: 05/09/2018 - 09:31:52 por: Elisabete Signorati

Notícias

13ª Sessão Ordinária 2019
13ª Sessão Ordinária 2019

A 13ª sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Pinhalzinho foi realizada na última segunda-feira (06). Aprovados três Requerimentos e duas Indicações.

2ª Roda de Conversa 25/04/2019
2ª Roda de Conversa 25/04/2019

Na 2ª Roda de Conversa tivemos como convidadas a Deputada Estadual Marlene Fengler e a Prefeita de do município de São Domingos Elieze Comachio para interagir com todas as participantes que estiveram em grande número na noite de quinta feira dia 25/04.

11ª Sessão Ordinária 2019
11ª Sessão Ordinária 2019

Na 11ª Sessão Ordinária,tivemos a presença na Tribuna do Povo da advogada Dra.Edna De Werk Cericato esclarecendo diversos pontos sobre a proposta da Reforma da Previdência, que está em discussão no país.
Matéria em discussão única o Requerimento nº 001/2019 Conforme ART. 127 parágrafo 3º, Inciso I do Regimento Interno-Licença de Vereador-Aprovado por unanimidade.

10ª Sessão Ordinária
10ª Sessão Ordinária

Na 10ª Sessão Ordinária, vereadores em discussão única votarão os Decretos Legislativo 02 e 03/2019
Requerimento nº 06/2019; de autoria do vereador Remi Antonio Sulzbacher (MDB)
Indicação nº 025/2019 de autoria do vereador Remi Antonio Sulzbacher (MDB)
Indicação 020, 021,022,023 e 024/2019 de autoria dos vereadores.
Segunda discussão e votação o PL nº 011/2019 de autoria do Poder Executivo
Todos aprovados por unanimidade.